Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://civisa.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://civisa.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Teses ► Mestrado

 

Referência Bibliográfica


FRAGATA, A. (2016) - A geologia nos planos de ordenamento de orla costeira dos Açores. Dissertação​ de Mestrado em Geologia do Ambiente e Sociedade, Departamento de Geociências, Universidade dos Açores, 114p.​​​

Resumo


​Devido à sua localização, ao seu enquadramento geodinâmico e à sua natureza vulcânica, o Arquipélago dos Açores é uma região com características geológicas muito particulares. Desde sismos, movimentos de vertentes, erupções vulcânicas, vulnerabilidade a tempestades oceânicas e a outros fenómenos climáticos, esta é uma região que se encontra exposta a vários perigos. A Geologia e o trabalho desenvolvido por especialistas nesta área mostram-se de extrema importância no contexto açoriano pois, por um lado, permitem contribuir para a prevenção de catástrofes naturais e, por outro, contribuem para o conhecimento e gestão adequada dos recursos naturais existentes e para um ordenamento do território que garante a segurança de pessoas e bens.
 
Devido a estas particularidades do arquipélago, os Planos de Ordenamento da Orla Costeira nos Açores (POOC) são muito determinantes para o bom funcionamento e equilíbrio de cada ilha, sendo uma importante ferramenta de gestão, utilizada no território autónomo com os objetivos de ordenar os diferentes usos e atividades específicas na orla costeira, a classificação, valorização e qualificação das praias; a regulamentação do uso balnear, e a defesa e conservação da natureza.
 
Procedeu-se à avaliação da presença da componente Geologia nos POOC elaborados para cada uma das ilhas do arquipélago dos Açores. Conclui-se que, apesar de ser tratar de um espaço territorial extremamente influenciado por processos geológicos, esta não está presente em todos os documentos analisados, chegando a haver documentos em que não existe qualquer referência à Geologia da ilha a que se referem.
 
No futuro será importante elaborar uma base geológica mais completa em todos os POOC, de modo a que a implementação destes planos beneficie cada vez mais as populações e o meio ambiente.

Observações


Anexos